Revisão II – Introdução e Lição 81

 Revisão II: Introdução

Agora estamos prontos para outra revisão. Começaremos onde parou a última e incluiremos duas idéias por dia. A primeira parte de cada dia será dedicada a uma destas idéias e a segunda à outra. Teremos um período de exercícios mais longos, e frequentes períodos mais curtos durante os quais praticaremos cada uma das idéias.

Os períodos de prática mais longos seguirão essa forma geral: reserva aproximadamente quinze minutos para cada um e começa pensando nas idéias do dia e nos comentários que estão incluídos nas lições. Dedica três ou quatro minutos a lê-los vagarosamente, várias vezes se desejares e em seguida fecha os olhos e escuta.

Repete a primeira fase do período de exercícios se achares que tua mente está se dispersando, mas tenta passar a maior parte do tempo escutando em quietude, mas atentamente. Há uma mensagem a tua espera. Estejas confiante de que vais recebê-la. Lembra-te de que ela te pertence e de que tu a queres.

Não deixes a tua intenção vacilar diante de pensamentos que te distraiam. Compreende que, quaisquer que sejam as formas que tais pensamentos possam tomar, eles não têm nenhum significado e nenhum poder. Podes substituí-los pela tua determinação em ter sucesso. Não te esqueças de que tua vontade tem poder sobre todas as fantasias e sonhos. Confia nela para ajudar-te a atravessá-los e carregar-te para o que está além de todos eles.

Considera estes períodos de prática como oferendas ao caminho, à verdade e à vida. Recusa-te a te deixares desviar para digressões, ilusões e pensamentos de morte. És dedicado à salvação. Que estejas determinado, a cada dia, a não deixar a tua função sem ser cumprida.

Reafirma também a tua determinação nos períodos de prática mais curtos, usando a forma original da idéia para aplicações gerais e formas mais específicas quando necessário. Algumas formas específicas estão incluídas nos comentários que se seguem à enunciação das idéias. Estas, contudo, são meramente sugestões. Não são as palavras específicas que usas que têm importância.

 

Revisão I – LIÇÃO 81

 

Hoje as nossas idéias para revisão são:

  1. (61) Eu sou a luz do mundo.

Quão santo sou eu, a quem foi dada a função de iluminar o mundo! Que eu possa ficar quieto diante de minha santidade. Na sua luz serena, que todos meus conflitos desapareçam. Na sua paz, que eu me lembre de Quem sou.

Algumas formas específicas para a aplicação dessa idéia quando alguma dificuldade em especial parecer surgir poderiam ser:

Que eu não obscureça a luz do mundo em mim.            

Que a luz do mundo brilhe através dessa aparência.

Essa sombra se desvanecerá diante da luz.

2. (62) O perdão é minha função como a luz do mundo.

É através da aceitação de minha função que verei a luz em mim. E nesta luz a minha função se mostrará perfeitamente clara e sem ambiguidades diante da minha vista. Minha aceitação não depende de meu reconhecimento do que é minha função, pois eu ainda não compreendo o perdão. Mas confiarei que na luz o verei tal como é.

Formas específicas para usar essa idéia poderiam incluir:

Que isso me ajude a aprender o que significa o perdão.

Que eu não separe a minha função da minha vontade.

Não usarei isso para um propósito alheio. 

(Livro: “Um Curso em Milagres”)

 

Para ouvir a introdução, clique no áudio abaixo:

 

Para estudar a lição em áudio, clique no áudio abaixo:

 

Para ouvir a “música-lição” em inglês, em celebração aos 50 anos do livro “A Course in Miracle” – 2015 Revival – by James Twyman – clique no áudio abaixo:

 

Caso esteja tendo dificuldade de ver os links para os áudios:  clique aqui

Para rever as lições 01 a 80:  clique aqui

Para voltar à página principal:  clique aqui